Introdução às Mensagens

APRESENTAÇÃO DAS MENSAGENS

Um Breve Histórico das Aparições de Nossa Senhora em Medjugorje


Há já bastante tempo, em Medjugorje (Citluk, Bosnia-Herzegovina) seis testemunhas dignas de confiança testificam com firmeza, sob juramento, que desde o dia 24 de junho de 1981, a Santíssima Virgem Maria, ou Nossa Senhora (Gospa) como é afetuosamente chamada aqui, aparece para eles todos os  dias até hoje.

 

O Primeiro Dia

Na data acima, aproximadamente às seis horas da tarde, na área da colina de Crnica conhecida como Podbrdo, os adolescentes Ivanka Ivankovic, Mirjana Dragicevic, Vicka Ivankovic, Ivan Dragicevic, Ivan Ivankovic e Milka Pavlovic viram uma mulher incrivelmente bela com uma criancinha nos braços.  Ela não disse nada à eles mas indicou, por gestos, que eles deveriam chegar mais perto.  Surpresos e assustados eles ficaram com medo de se aproximar, mesmo achando imediatamente que ela era Nossa Senhora.

 

O Segundo Dia

No segundo dia, 25 de junho de 1981, os adolescentes concordaram em se encontrar novamente no mesmo lugar onde Nossa Senhora tinha previamente aparecido, na esperança de vê-la de novo.  Subitamente houve um relâmpago luminoso.  Eles  olharam para cima e viram Nossa Senhora, desta vez, sem a criança.  Ela estava sorrindo e alegre e era indescritivelmente bela.  Com as mãos ela sinalizou para que eles se aproximassem.  Eles se abraçaram e foram até ela.  Eles imediatamente caíram de joelhos e começaram a rezar o Pai Nosso, a Ave Maria e o Glória.  Nossa Senhora rezou com eles, exceto quando recitavam a Ave Maria.

Depois da oração ela começou a falar com os adolescentes.  Ivanka, em primeiro lugar perguntou à ela sobe sua mãe que havia falecido dois meses antes.  E Mirjana pediu algum sinal a Nossa Senhora para que eles pudessem mostrar as pessoas  que eles não estavam mentindo ou não eram malucos, como algumas pessoas estavam dizendo.

Nossa Senhora finalmente deixou-os com as palavras “Deus esteja com vocês meus anjos!”.  Antes disto, quando os adolescentes perguntaram se a veriam no dia seguinte, ela assentiu com a cabeça.

De acordo com os videntes, todo o encontro foi indescritível.  Naquele dia dois dos adolescentes, que compunham o grupo anterior estavam faltando:  Ivan Ivankovic e Milka Pavlovic.  Eles foram substituídos por dois outros:  Marija Pavlovic e Jakov Colo.  E daquele dia em diante, de acordo com estes seis, Nossa Senhora aparece regularmente para eles.  Milka Pavlovic e Ivan Ivankovic que estavam presentes no primeiro dia das aparições não mais viram Nossa Senhora, embora tenham retornado ao local das aparições, na esperança de vê-la.

O Terceiro Dia

No dia 26 de junho de 1981, os adolescentes ansiosos aguardaram perto de seis horas da tarde, que era quando ela tinha aparecido anteriormente.  Eles estavam indo para o mesmo local, para encontrar com ela lá.  Eles estavam felizes, embora sua alegria estivesse mesclada de temor perguntando-se o que viria depois disto.  A despeito disto, os adolescentes podiam sentir uma espécie de força interior atraindo-os para encontrarem-se com Nossa Senhora.

Subitamente, enquanto eles estavam ainda a caminho, uma luz relampejou três vezes.  Para eles e para eles e para os que os seguiam era uma indicação da proximidade de Nossa Senhora.  Naquele terceiro dia Nossa Senhora apareceu para eles em um local ainda mais alto que das outras vezes.  De repente ela desapareceu.  E quando os adolescentes começaram a rezar, ela reapareceu.  Ela estava alegre e sorria serenamente e mais uma vez sua beleza era impressionante.

Quando eles saíam de casa, algumas senhoras de mais idade sugeriram que eles levassem consigo água benta para ter certeza que não era Satanás.  Quando estavam com Nossa Senhora, Vicka pegou a ;água e borrifou na direção da visão dizendo, “Se a senhora é Nossa Senhora, por favor fique e se não é, vá para longe de nós”.  Nossa Senhora sorriu e permaneceu com eles.   Então Mirjana perguntou o nome dela e ela respondeu; “Eu Sou a Bem Aventurada Virgem Maria”.

 O mesmo dia, voltando do Podbrdo, Nossa Senhora apareceu mais uma vez, desta vez somente para Maria dizendo, “Paz, paz, paz e somente paz”.  Atrás de Nossa Senhora, Maria viu uma cruz.  Depois do que falou, Nossa Senhora repetia em lágrimas, as seguintes palavras, “A paz deve reinar entre os homens e Deus e entre todas as pessoas!”.  A área onde isto ocorreu fica a meio caminho entre  a estrada e o local da aparição.

 

O Quarto Dia

No dia 27 de junho de 1981, Nossa Senhora apareceu três vezes para os videntes.  Em tal ocasião, eles fizeram todos os tipos de perguntas e Nossa Senhora as respondeu.  Para os sacerdotes ela deu esta mensagem: “Que os padres acreditem firmemente e cuidem da fé do povo”.  Mais uma vez, Jakov e Mirjana pediram um sinal, porque as pessoas estavam começando a acusá-los de mentirosos e usuários de drogas.  “Não tenham medo de nada”, disse Nossa Senhora.

Antes de partir, quando perguntaram se ela voltaria, indicou que sim.  Ao descer do Podbrdo, Nossa Senhora apareceu mais uma vez para despedir-se com as palavras, “Que Deus esteja com vocês meus anjos, vão em paz!”. 

 

O Quinto Dia

No dia 28 de junho de 1981, grandes multidões estavam se reunindo vindas de todas as partes desde as primeiras horas da manhã.  Ao meio dia havia cerca de quinze mil pessoas.  Nesse mesmo dia, o pároco da cidade, Frei Jozo Zovko, fez perguntas aos adolescentes sobre o que tinham visto e ouvido nos dias anteriores.

 No horário de costume Nossa Senhora apareceu de novo.  Os videntes rezaram com ela e depois a questionaram.  Vicka por exemplo perguntou , “Minha querida Senhora, o que a Senhora quer de nós e o que a Senhora quer de nossos padres?”  Nossa Senhora replicou: “As pessoas devem rezar e acreditar firmemente”.  Com relação aos sacerdotes, ela replicou que eles deveriam acreditar firmemente e ajudar os outros a fazer o mesmo.

Naquele dia Nossa Senhora veio e foi várias vezes.  Durante uma destas vezes, os adolescentes perguntaram a ela porque ela não aparecia na Paróquia para que todos pudessem vê-la.  Ela replicou, “Bem aventurados sejam os que não viram e acreditam”. 

Embora as multidões os estivessem pressionando com perguntas e curiosidades e o dia tivesse sido pesado e abafado, os adolescentes  sentiam-se como se estivessem no céu.

 

O Sexto Dia

No dia 29 de junho de 1981, os videntes foram levados a Mostar para um exame médico depois do qual foram considerados “saudáveis”.  A declaração do psiquiatra foi :  “Eles não estão loucos, mas a pessoa que trouxe eles aqui deve estar.”

As multidões na Colina das Aparições naquele dia eram mais numerosas do que nunca.  Assim que os adolescentes chegaram ao local de costume e começaram a rezar, Nossa Senhora apareceu.  Naquela ocasião, a Bem Aventurada Mãe os exortou a ter fé dizendo, “As pessoas devem acreditar com firmeza e não ter medo”.

Naquele dia, uma médica que estava seguindo e acompanhando os videntes, durante a aparição desejou tocar em Nossa Senhora.  Os adolescentes conduziram a mão dela até o local onde estava o ombro de Nossa Senhora e ela sentiu uma sensação de comichão.  A médica, mesmo sendo atéia teve que admitir que, “Aqui está acontecendo alguma coisa estranha!”

No mesmo dia uma criança, chamada Daniel Setka, foi miraculosamente curada.  Seus pais a tinham trazido a Medjugorje, rezando especificamente por uma cura.  Nossa Senhora tinha prometido que isto aconteceria se os pais rezassem e jejuassem e acreditassem firmemente.  A criança ficou curada/

 

O Sétimo Dia


No dia 30 de junho de 1981, duas jovens sugeriram aos adolescentes que fossem de carro mais adianta para poder passear em paz.  Na verdade sua intenção era levá-los para longe da área e mantê-los até que o horário regular das aparições tivesse passado.  Entretanto, embora os adolescentes estivessem longe do Podbrdo, no horário usual das aparições, o que aconteceu foi como se eles tivessem recebido um aviso interior pedindo para sair do carro.  Assim que saíram e fizeram uma oração, Nossa Senhora aproximou-se deles, vinda da direção do Podbrdo, que estava a mais de um quilômetro de distância.  Ela rezou com eles os sete Pai Nossos, etc.  E assim, o truque das moças não teve qualquer efeito. 
Logo depois disso a polícia começou a prejudicar os adolescentes e os peregrinos que iam ao  Podbrdo, o local das aparições. Os adolescentes, e logo depois até as multidões foram proibidos de ir para lá. Mas Nossa Senhora continuou a aparecer-lhes em lugares secretos, em suas casas e nos campos. Os adolescentes já haviam ganhado confiança, e falavam abertamente com Nossa Senhora, ansiosamente buscando o seu conselho, ouvindo suas advertências e mensagens. Os acontecimentos de Medjugorje continuaram desta forma até o dia 15 de janeiro de 1982.

Nesse meio tempo, o pároco começou a acolher os peregrinos na Igreja, habilitando-os a participar do rosário e para celebrar a Eucaristia. Os adolescentes também rezavam o rosário. Nossa Senhora aparecia-lhes, por vezes, na igreja naquele momento. Mesmo o pároco uma  vez enquanto rezava o terço, viu Nossa Senhora. Imediatamente ele parou de orar e espontaneamente começou a cantar um hino popular: "Lijepa si, lijepa, Djevo Marijo" - "Como você é bonita, Santíssima Virgem Maria". Toda a igreja podia ver que algo incomum estava acontecendo com ele. Depois disso, ele afirmou que a  tinha visto. E assim, aquele que até então não apenas duvidava, mas era  abertamente contra até  comentários  sobre as  aparições, tornou-se seu defensor. Ele testemunhou o seu apoio às aparições até mesmo ao ponto de sofrer uma sentença de prisão.

A partir da 15 de janeiro de  1982 os adolescentes viam Nossa Senhora em uma área fechada da Paróquia. O pároco arranjou este modo por causa das dificuldades recém surgidas e às vezes até perigos, que aconteciam com os videntes.  Anteriormente os adolescentes tinham assegurado que isto estava de acordo com os desejos de Nossa Senhora. Por causa da proibição do Bispo diocesano no entanto, de abril de 1985 em diante os videntes deixaram de usar a área da igreja como um local da aparição. Em vez disso, eles foram para uma sala  na casa paroquial.

Todo esse tempo, desde o início das aparições até hoje, houve apenas cinco dias, em que  nenhum dos adolescentes viram Nossa Senhora.

Nossa Senhora não aparecia sempre no mesmo lugar,  nem para o mesmo grupo, nem pessoas, nem suas aparições sempre duravam um período específico.  Às vezes, as aparições duravam dois minutos, às vezes uma hora. E nem Nossa Senhora aparecia conforme a vontade dos adolescentes. Às vezes, eles oravam e esperavam, mas Nossa Senhora não aparecia até um pouco depois, inesperadamente  e sem aviso. E às vezes ela aparecia a um e não a outros. Se ela não tinha  prometido um tempo determinado, ninguém sabia quando ela iria aparecer, ou se ela iria aparecer. Nem ela sempre aparecia apenas para os videntes citados acima, mas para outros também de diferentes idades, estaturas, raças, educação e tipos da vida. Tudo isso sugere que as aparições não são um produto da imaginação. Não dependem nem de tempo nem lugar, nem das vontade ou da oração do peregrino ou vidente, mas de acordo com a  vontade d'Aquele que o permite.

 

MENSAGENS
 

Segundo o testemunho unívoco dos videntes, Nossa Senhora, por ocasião de sua aparição deu uma série de mensagens, a ser transmitida para as pessoas. Embora existam muitas mensagens, elas podem no entanto ser resumidas em cinco temas, porque todas as mensagens, basicamente, sublinham ou levam até estes cinco assuntos.

 

VISÃO GERAL DAS MENSAGENS


PAZ


Já no terceiro dia, Nossa Senhora sublinhou a paz como a primeira de suas mensagens: "Paz, paz, paz e somente paz!" após o que ela disse duas vezes: "A paz deve reinar entre Deus e o homem e entre as pessoas".  Considerando que Marija estava vendo uma cruz quando Nossa Senhora deu essa mensagem, a conclusão óbvia é que esta paz vem de Deus. Deus, que através de Nossa Senhora em Cristo se tornou a nossa paz. (Efésios 2:14) "Porque Ele é a paz entre nós" ... Essa paz, "o mundo não pode dar" (João 14:27) e é por isso que Cristo ordenou a seus apóstolos que a levassem ao mundo (Mateus 10:11), para que todos os homens pudessem tornar-se "filhos da paz" (Lucas 10:6). “É por isso que Nossa Senhora como “Rainha dos Apóstolos” em Medjugorje se refere especificamente a si mesma como ”Rainha da Paz ". Quem melhor do que ela pode com mais sucesso convencer o mundo de hoje confrontado com a ameaça de destruição, quão grande e quão necessária é a paz.

 

 

A segunda das mensagens de Nossa Senhora é a fé. Já no quarto, quinto e sexto dia das aparições, Nossa Senhora exortou os presentes a ter uma fé firme. Compreensivelmente, ela repetiu esta mensagem 


muitas vezes. Sem fé não podemos chegar à paz! Não só isso, mas a fé é em si uma resposta à Palavra de Deus, que ele não só proclama, mas na verdade nos dá. Quando cremos, nós aceitamos a Palavra de Deus, que em Cristo se tornou "nossa paz" (Efésios 2:14). Aceitando-a, o indivíduo torna-se uma nova criatura, com uma nova vida de Cristo em si, e uma participação na natureza de Deus (1 Pedro 1:4, Efésios 2:18).   Deste modo, o indivíduo assegura-se da paz com Deus e com os outros.

Mais uma vez não há ninguém que possa entender melhor a necessidade e a eficácia da fé do que Nossa Senhora.  É por isso que ela enfatizou  em todas as ocasiões e encarregou  os videntes de trazer os outros à luz da fé. Nossa Senhora apresentou a fé como uma resposta para tudo, não importa o que as pessoas estivessem procurando. Ela apresentou-a como pré-requisito de toda a oração, desejos e demandas, relacionando-a com integridade, saúde e a outras necessidades humanas.

 

 

CONVERSÃO
 

Conversão foi outra das mensagens freqüentes de Nossa Senhora. Isto pressupõe que ela percebeu a debilidade ou uma completa falta de fé na humanidade hoje. E sem a conversão é impossível alcanç

ar a paz. Verdadeira  conversão significa a purificação ou limpeza do coração, (Jeremias 4:14), porque um coração corrompido ou "deteriorado" é a base de más relações, que por sua vez trazem desordem social, leis injustas, constituições ruins etc.   Sem uma mudança radical do coração, sem a conversão do coração, não há paz. Por esta razão, Nossa Senhora continuamente sugere a confissão frequente. O pedido é dirigido a todos, sem diferenciação, porque, "nenhum de nós é justo "...." todos se desviaram, ninguém é correto"  (Romanos 3:11-12).

 

ORAÇÃO


Quase diariamente, a partir do quinto dia das aparições de Nossa Senhora  recomenda a oração. Ela pede a todos para "orar sem cessar", assim como o próprio Cristo ensinou (Marcos 9:29, Mateus 09:38, Lucas 11:5-13). A oração, portanto, estimula e fortalece a nossa fé, sem a qual a nossa relação com Deus é desordenada ; assim  como é nossa relação com os outros.  A oração também nos lembra como  Deus está perto de nós, mesmo em nossa vida diária: Na oração nós O reconhecemos, nós damos graças por Suas dádivas para conosco, e ficamos cheios de expectativa esperançosa do que precisamos, mas particularmente a nossa redenção. A oração solidifica o equilíbrio do indivíduo, e ajuda-nos a ter uma  "relação ordenada com Deus ", sem a qual é impossível manter a paz seja com Deus ou com nosso próximo.

A Palavra do Senhor familiarizou-se com toda a humanidade e aguarda resposta da humanidade. É precisamente isso que dá a oração a "justificação". Nossa resposta deve ser a  "fé falada", ou "oração". Na oração, a fé anima, renova, fortalece e se sustenta. Além disto, a oração do homem realmente testemunha o Evangelho, e  a existência de Deus, provocando assim uma resposta de fé nos outros.

 

JEJUM
 

Já no sexto dia das aparições, Nossa Senhora, muitas vezes recomendou o jejum, pois isto auxilia a  fé. Ou seja, a prática do jejum auxilia e  assegura o controle sobre si mesmo. Somente a pessoa que pode dominar-se é verdadeiramente livre, e é capaz de abandonar-se a Deus e ao seu próximo, como exige a fé. O jejum garante-lhe que seu abandono da fé é seguro e sincero. Ele ajuda-o a libertar-se de toda escravidão, mas especialmente da escravidão do pecado. Quem não está no controle de si mesmo é, de alguma forma escravizado. Portanto, o jejum ajuda o indivíduo a conter-se em procurar o prazer desordenado que por sua vez leva a uma existência fútil e inútil, muitas vezes um desperdício dos bens que são extremamente necessários para que  outros tenham  a sobrevivência básica.

Com o jejum também recuperamos o dom, o que cria dentro de nós um amor realista para com os pobres e os desamparados, o que até certo ponto reduz a distância entre ricos e pobres. Portanto, sana as necessidades  dos pobres e também sana os excessos e as autoindulgência de outros. E em sua própria maneira, dá uma dimensão da paz que hoje de modo especial, está ameaçada pela diferença no estilo de vida dos ricos e pobres. (Por exemplo, Hemisfério Norte e Sul).

Para resumir, podemos dizer que as mensagens de Nossa Senhora enfatizam que  a paz é o bem maior, e que a fé, a conversão a oração e o jejum são os meios pelos quais podemos alcançá-la.

 

MENSAGENS ESPECIAIS
 

Além das cinco mensagens que, como já dissemos são as importantes mensagens que Nossa Senhora deu imediatamente para o mundo inteiro, ela começou, a partir  de 1º.  de março de 1984, toda quinta-feira, principalmente através da vidente Marija Pavlovic a dar mensagens especiais à Paróquia de Medjugorje e aos peregrinos que aqui vêm.  Nossa Senhora, portanto, em adição aos seis videntes escolheu a Paróquia de Medjugorje, juntamente com os peregrinos que vêm aqui para serem seus colaboradores e testemunhas. Isso fica claro desde o início das mensagens de quinta-feira, onde ela diz: "Eu estou escolhendo esta Paróquia de uma maneira especial e quero guiá-la."  Ela enfatizou isto mais uma vez quando disse: "Eu estou escolhendo esta Paróquia de uma  maneira especial, porque é mais querida  para mim do que outras, para onde vim  alegremente quando o Todo-Poderoso me enviou "    (25 de março, 1985).   Nossa Senhora deu uma razão também para sua escolha dizendo: " Convertam-se vocês da Paróquia, este é meu segundo desejo. Desta forma, todos aqueles que aqui vêm irão se  converter."(08 de março de 1984). " Eu estou pedindo que vocês, especialmente os membros desta paróquia,  vivam as minhas mensagens" (16 de agosto de 1984).   Em primeiro lugar  os paroquianos e os peregrinos deveriam tornar-se testemunhas de suas aparições e suas mensagens, para que possamos, em seguida, unir-nos a ela e aos videntes na realização de seu plano para a conversão do mundo e reconciliação com Deus.

Nossa Senhora sabe muito bem as fraquezas  e a natureza dos paroquianos e peregrinos com quem ela deseja colaborar na salvação do mundo. Ela está consciente da necessidade de uma força sobrenatural. É por isso que ela os leva até à fonte de força. Esta basicamente é a oração. Ela ardentemente e continuamente nos exorta a rezar. De toda a oração, ela sublinha especialmente a Santa Missa, (7 março de 1985, 16 de maio de 1985) e recomenda a devoção contínua ao Santíssimo Sacramento (15 de março, 1984). Ela também incentiva a devoção ao Espírito Santo (2 de junho de 1984; 9 de junho de 1984; 11 de abril, 1985; 23 de maio de 1988, etc) e a leitura da Sagrada Escritura (08 de setembro de 1984; 14 de fevereiro de 1985).

Com essas mensagens especiais para a Paróquia e seus peregrinos, Nossa Senhora deseja que as primeiras mensagens , que no início estavam previstas para o mundo inteiro, sejam aprofundadas, tornadas mais aceitáveis e compreensível para os outros.

Desde  25 de janeiro de 1987 Nossa Senhora começou a dar a mensagem no dia 25 de cada mês, em vez de cada quinta-feira, através da vidente Marija Pavlovic. Isto continua ainda hoje.

Frei  Ljudevit Rupcid
Professor de Teologia e tradutor das Sagradas Escrituras para o idioma croata.


Ler Mensagens

 

Buscar  
Em    
 
 
 
 
 
 
 
Digite seu e-mail abaixo para receber nossas atualizações.
 
 
Eventos no Brasil
Eventos em Portugal
 
 

Testemunho de Maria Virginia Battistoni - Jundiaí

Estive em Medjugorje pela 1ª vez, em 1988, quando se iniciavam as aparições e Nossa Senhora Rainha da Paz mostrou-me...

Testemunho de Maurizio e Paola - Comunidade Cenacolo

Maurizio e Paola são membros da Comunidade Cenacolo e tem 14 filhos dos quais 6 foram adotados no Brasil.

Testemunho de Maria Filipa Fonseca em 11-09-2013 (Portugal)

Conto-vos um dos miminhos simples que recebi da Gospa

Ver Mais Testemunhos
Envie seu Testemunho
 
  Siga-nos Facebook Facebook  
 
© 2014 medjugorje.org.br | medjugorje.org.pt - Site melhor visualizado em Internet Explorer 8 - 1024x768 px ou superior.
Astec Web - Criação de Sites e Lojas Virtuais