13/06/2013 :: Estamos entusiasmados em ver tão numerosos peregrinos confessando-se aqui

"Estamos entusiasmados em ver tão numerosos peregrinos confessando-se aqui"

 
Houve muitos peregrinos que chegaram a Medjugorje em maio e entre eles tivemos oportunidade de conversar com alguns deles da Alemanha: Irmã. Jency Naduvilaparmabil, o Padre Mathew Jacob Matatila, e a líder do grupo Marlis Deutsch. Irmã Jency e o Padre Mathew são da Índia e já servem há alguns anos na  Alemanha.
 
M. Deutsch veio a Medjugorje há 25 anos pela primeira vez e desde 1997 organiza peregrinações a Medjugorje. Ela achou interessante o fato de que no início, os que se inscreviam para peregrinações não eram alemães. No início, eram freiras e mais tarde até mesmo padres da Índia. Ela falou como cada peregrinação foi especial em sua própria maneira e ela ainda se lembra vividamente a sua primeira peregrinação a Medjugorje. Foi uma experiência nova, que trouxe paz profunda a seu coração, foi uma experiência que tornou-se maior e mais intensa e se transformou em um desejo de acompanhar os outros a este lugar especial.
 
Irmã Jency vem de uma família piedosa em Kerala. A oração diária e sua educação na escola dirigida por religiosas, a conduziram a uma vocação espiritual. Ela veio por  obediência para a Alemanha há 25 anos, onde trabalha como enfermeira em asilos. Ouviu falar sobre Medjugorje há dois anos. Ela é membro da ordem carmelita, que  são especialmente ligados a  Nossa Senhora,  e considera uma grande graça conseguir vir aqui, a  única dos 29 freiras de sua comunidade. Ficou muito feliz  de ver tantas pessoas que vêm para orar e buscar consolo. A Irmã Jency decidiu rezar à Rainha da Paz para que todos os que estão à procura de Jesus possam vir a Ele através dela.
 
Padre Mathew, que também vem de Kerala, está na  Alemanha há quinze anos. Ele também é membro da ordem carmelita, e há 130 sacerdotes em sua comunidade na Alemanha. Ele comentou como as pessoas na Índia não possuem muitos bens materiais, mas frequentam a Santa Missa em grandes números. Na Alemanha, infelizmente, é o contrário, e somente pessoas idosas vão à Santa Missa Ele ficou emocionado ao ver tantos jovens em Medjugorje que vão à Santa Missa, assim como tantos peregrinos que buscam o sacramento da reconciliação. Ele espera um dia para trazer um grupo de jovens de sua paróquia, para que após a experiência de Medjugorje, eles possam começar algo novo.
 
 

voltar

 

Buscar  
Em    
 
 
 
 
 
 
 
Digite seu e-mail abaixo para receber nossas atualizações.
 
 
Eventos em Portugal
 
 

Testemunho de Maria Lúcia L. B. Burin – Secretariado de Nossa Senhora Rainha Paz

No dia 13 de junho tivemos a graça de estarmos com Vicka na Igreja de Nossa Senhora Achiropita, no bairro do Bexiga, em São Paulo...

Testemunho de Maria Virginia Battistoni - Jundiaí

Estive em Medjugorje pela 1ª vez, em 1988, quando se iniciavam as aparições e Nossa Senhora Rainha da Paz mostrou-me...

Testemunho de Maurizio e Paola - Comunidade Cenacolo

Maurizio e Paola são membros da Comunidade Cenacolo e tem 14 filhos dos quais 6 foram adotados no Brasil.

Ver Mais Testemunhos
Envie seu Testemunho
 
  Siga-nos Facebook Facebook  
 
© 2014 medjugorje.org.br | medjugorje.org.pt - Site melhor visualizado em Internet Explorer 8 - 1024x768 px ou superior.
Astec Web - Criação de Sites e Lojas Virtuais